Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm direito a opinião...

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

E se fosse uma pulseira electrónica?

Tenho estado a observar que subsistem muitas duvidas acerca da integridade ética e moral de um ex-Primeiro Ministro.

Penso que só temos uma forma de assegurarmos a sua completa inocência nos alegados delitos de que é acusado: Constitui-lo arguido em cada um dos casos e julgá-lo.

Uma fez que o suspeito e eventual arguido finalmente vai tirar um curso, aconselho o Ministério Publico a não o privar de liberdade por perigo de fuga ou ocultação de provas.

Proponho que lhe sejam aplicadas as medidas cautelares menos gravosas.

O termo de identidade e residência com apresentação na "Gendarmie" mais próxima no final de cada período escolar, seria o mais indicado.

Desta forma o aluno poderia concluir a sua licenciatura em filosofia na Universidade francesa que frequenta.

Na apresentação periódica ás autoridades teria de exibir as notas do respectivo semestre, para nos podermos certificar do seu bom aproveitamento. Claro que os documentos a exibir deverão ser devidamente autenticados.

E se fosse uma pulseira electrónica? Como medida preventiva adicional poderia ser bastante útil. As braceletes deverão ser de varias cores (à escolha do arguido) para fazerem conjunto com o fato.

Recordo que no caso do Dr. Duarte Lima não houve esse cuidado porque, segundo consta, havia um efectivo perigo de fuga. Sabe-se agora que tinha tudo preparado para ir fugir para o Quatar.

Nesta situação esse problema não se coloca, a fuga seria só até Gibraltar.

Comece-se a julgar e acabe-se de vez com as suspeitas...Não é justo alguém viver assim.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

O primeiro clube de futebol do mundo

NOTTS COUNTY FOOTBALL CLUB
Fundação: 28/Novembro/1862
Endereço: Meadow Leane, Nottingham/ING NG2 3HJ
Tel.: 0115 9529000     Fax: 0115 9553994
Site oficial: www.nottscountyfc.co.uk


Titulos
Competição Ano
Copa da Inglaterra 1894
Campeonato Nacional da 2ª Divisão 1897/1914/1923
Campeonato Nacional da 3ª Divisão Sul 1931
Anglo-Italian Cup 1995
The Bass Charity Vase*
* Torneio iniciado em 1889 para angariar fundos a hospitais. 1988/1989/1990/1994/2004/2005
Nottingham Shire Cup *
* Torneio disputado pelas equipes da cidade de Nottingham (Notts County, Nottingham Forest e Mansfield Town) e disputada pela última vez em 2002. 1937/1963/1975/1976/1985/1995
»  A HISTÓRIA

Universalmente reconhecido como o clube de futebol mais antigo do mundo. Foi fundado em 28 de novembro de 1862 e foi um dos 12 fundadores da Liga Inglesa.

O inicio do futebol no Nottingham Football Club começou nos Jardins de Cremone (Cremorne Gardens), quando W. Arkwright e Chas Deakin passaram a "chutar uma bola contra o outro" terminando em 2 a 2. Sua formação oficial no entanto seu deu em 1864 com o nome de Notts Football Club.

Entre 1864 e 1888, foram realizadas partidas amistosas com outros clubes da Inglaterra e Escócia. Neste período o clube chegou a ter 08 atletas relacionados na seleção nacional.
O primeiro campeonato oficial disputado pelo clube foi em 1877, na Copa da Inglaterra. Com um bom futebol apresentado chegou as semifinais em 1883 e 1884. De 1883 à 1910 o Notts mandava seus jogos  na Trent Bridge e ocasionalmente em Castle Cricket Ground e na Floresta de Town Ground, na cidade de Nottingham. Em 1910 mundou seus jogos para Meadow Lane.

Na temporada de 1890/1891  o Notts terminou em terceiro na Liga Inglesa e foi finalista na Copa, sendo derrotado por 3 a 1 pelo Blackburn Rovers. Já sua primeira conquista se deu em 1894 (um ano após seu rebaixamento à 2ª divisão) quando um público de 37.000 torcedores assistiram sua vitória na final da FA Cup frente ao Bolton pelo placar de 4x1, tornando-se o primeiro clube de uma Segunda Divisão a ganhar o torneio.

Em 1896/97 foi promovido a divisão principal em uma série de jogos em play-off.
Em 1913 foi rebaixado uma vez mais a segunda divisão, mas retornou na temporada seguinte como campeão da Segunda Divisão.
Anos mais tarde seria rebaixado a 2ª divisão (temporadas 1919/20 e 1925/26) e rebaixamento a Divisão 3 Sul no ano de 1930, retornando a 2ª no ano seguinte como campeão. Caiu novamente em 1935. Só retornando a 2ª divisão na temporada 1949/50. Caiu novamente para a 3a. div em 1955, depois para a 4a. div.

A história recente mais próspera do clube aconteceu em 1981/82 quando retornou a 1ª Divisão (terminou o campeonato na 15ª posição).

JIMMY SIRREL
Assumiu o clube no mês de novembro de 1969 e foi o grande responsável pelas promoções do clube. Em 1971 subiu à 3a. divisão e, em 1973 à 2ª divisão. Dave Needham, Briam Stubbs, Tony Hately, Kevin Randall e Arthur Mann, Don Masson e Les Bradd, este marcou 124 gols em 11 anos atuando pelo Notts, eram a espinha dorsal do êxito do clube. Subiu à 1ª divisão em 1981.

Depois de ter se mantido por dois anos na principal divisão do país - com a saída de Sirrel e varias sucessivas mudanças, o clube sofreu rebaixamentos sucessivos nos anos de 1984 e 1985.


Fonte: Arquivo e Notts County FC.     Setembro/2006

domingo, 11 de dezembro de 2011

O principio do fim da União Europeia

Vou começar por explicar o motivo deste titulo.

A União Europeia, para ser viável, tem de partir de um principio de equilibrio de forças. Ora se a Inglaterra está com um pé dentro e outro fora, esse equilibrio está comprometido.

A "Tríplice Entente" foi uma aliança militar celebrada entre o Império britânico, a França e a Rússia; para fazer face à "Tríplice Aliança" da Alemanha, Itália e o Império Austro-húngaro.

Este acordo tripartido assinado em inícios do séc. XX visava o equilíbrio de forças na Europa, uma vez que desde 1890 Guilherme II da Alemanha, liderava uma política agressiva de expansão territorial e económica (o pangermanismo) que em muito ameaçava os interesses dos estados signatários.

A busca de novos territórios e a ânsia de domínio económico, leva a Alemanha para a primeira Grande Guerra. O Reino Unido lidera os aliados. Sabemos o desfecho com 10 milhões de mortos.

Anos mais tarde, de novo o Reino Unido agrupa os aliados contra as potências do Eixo Central, comandados pela Alemanha de Hitler. Também sabemos como terminou a Segunda Guerra mundial com 70 milhões de mortos.

Passaram 65 anos, o protagonista alemão mantém-se. O domínio económico da Europa está garantido, falta-lhe o domínio político. A reformulação dos tratados europeus podem constituir o primeiro passo para o controlo total de Berlim sobre os seus súbditos europeus.

Aquilo que nunca conseguiram pelas armas, virão a conquistar pela via financeira.

O grande problema actual é que o bombeiro de serviço europeu, o Reino Unido, já não está para aí virado. Resolveram abandonar o barco.

É pena, porque Londres faz mais falta dentro da Europa do que fora. Por um único motivo: nunca será um aliado da Alemanha.

Ao contrário da França por exemplo, a Inglaterra em momentos cruciais nunca se associará à Alemanha. Seria muito importante que dentro da União Europeia se ouvisse uma voz contestatária de peso.

Embora os interesses da Inglaterra não sejam propriamente os nossos, serviriam sempre para equilibrar a balança política da Europa.

Penso que por este motivo e pelo facto de não haver, nesta altura, qualquer ameaça a leste, a União Europeia nunca será credível. Mais tarde ou mais cedo acabará, esperemos que a bem desta vez...