Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm direito a opinião...

sábado, 3 de março de 2012

Após a tempestade vem a bonança

Vendavais de som abafado
Ondulantes flutuações de suores frios
Secura nos lábios que antevêem a ânsia
A sofreguidão inevitável
Que antecede o embate
Torrentes de lava escorrem
Laranja de cor, de barro brilhante
No meio dos montes que apertam o vale
Temperatura que sobe num bafo quente e húmido
Desliza sedoso, macio e violento
Magnética atracção fatal do destino
Abafa no peito um grito gutural
Animal de sensações plenas no espirito
Em vão tenta parar a corrente liquida e veloz
Um rio pujante de vida que torna
Calma fluente, a lama arrefece
Sossega enfim, bordejando as margens
O curso normal repõe-se
E nós enfim suspiramos aliviados:
Após a tempestade vem a bonança...
Enviar um comentário