Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm direito a opinião...

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Estou "abasurdido"



Não é meu costume comentar questões do dia-a-dia. O principal motivo é a quantidade de comentadores que atualmente temos na nossa praça, todos eles pessoas altamente qualificadas, arregimentadas e muitas vezes bem pagas, para o efeito.

Eu, como pessoa anónima nesta multidão de senso comum, não passo de um mero agente do raciocínio básico da gente comum deste país.

Como estava a dizer, não é meu costume comentar temas atuais, mas neste momento sinto-me completamente "abasurdido" com o que se passa com a PT.

Vejam bem.

A especulação financeira, mais uma vez destrói uma empresa de referência no nosso país. A CMVM assiste ao desmoronamento da empresa e não bloqueia as transações em “short selling”, é um tipo de operação que serve para proteger os pequenos acionistas quando as variações são acima dos 10%. Ora a PT chegou a cair 28%. Activaram a suspensão no dia seguinte, quando o pior já havia passado.

A consultora Morgan & Stanley é conselheira da potencial compradora, a francesa Altice. Acontece que foi a própria consultora que fez uma recomendação negativa ao mercado, o que provocou uma queda abrupta dos títulos. Ou seja, a potencial compradora tem aqui uma excelente ajuda para comprar barato. Ninguém investiga o conflito de interesses?

Zeinal Bava, que era tido como um guru das telecomunicações, sob a sua gestão, assistiu à criação de um buraco nas contas da PT de 900 milhões de Euros. A PT no espaço de 1 ano perdeu cerca de 70% do seu valor no mercado.

A OI que seria a principal interessada no sucesso da PT, após o escândalo das aplicações no Grupo BES, perdeu cerca de 72% do seu valor em mercado. Mas Bava, o CEO da PT vai receber cerca de 5 M€ de prémio pela desvinculação contratual. Mais ou menos o que a PT gasta com 3.300 funcionários num mês.

Há aqui algo que não bate certo. Premeia-se um quadro pela sua incompetência? De onde saiu a verba? Decerto sai do balanço da PT, não da consolidação com a OI...

Ninguém pára esta delinquência financeira?

Estou completamente "abasurdido".
Enviar um comentário