Tratamento de temas interessantes de uma forma desinteressante. Abordagem inconsequente acerca da consequência das coisas. Tudo será devidamente tratado, mas sem qualquer resolução. Os leigos também têm direito a opinião...

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

A máquina de fazer terramotos.


O que liga a fábrica de automóveis Tesla à máquina de fazer terramotos?

A resposta correcta é: A eletricidade.

A Tesla Motors, Inc. é uma fábrica de automóveis americana, sediada na Califórnia. Dedica-se à produção de automóveis elétricos. Existe desde 2003 e há quem diga que a médio prazo se tornará um dos maiores construtores automóveis do mundo. Na origem do nome está a homenagem que os seus fundadores quiseram prestar ao genial inventor  Nikola Tesla.


Nikola Tesla nasceu em 1858 era austríaco nascido num território que hoje pertence à Croácia. Desde muito cedo se interessou pela ciência. Estudou engenharia elétrica em Graz e Praga, o seu primeiro emprego foi na companhia de telefones de Budapeste. Descobriu o campo magnético rotativo, um principio fundamental da corrente elétrica alterna. Foi trabalhar para a Companhia Continental Edison em Paris.

Em 1884 é convidado a ir trabalhar como assistente de Thomas Edison em Nova York.

Em breve começaram a surgir divergências entre Edison e Tesla. Enquanto este defendia a utilização da corrente alterna como a melhor forma de atingir grandes distancias, o americano considerava-a uma "corrente assassina" por ser difícil de controlar. Esta discordância fez despoletar uma disputa entre os dois que durou até ao final da vida.

O primeiro contrato de fornecimento de energia alterna de Tesla foi realizado com a Westinghouse entre as cataratas de Niágara e a cidade de Buffalo...

Hoje em dia todos cabos de alta tensão são percorridos por corrente alterna.

Ao longo da vida Nikola Tesla registou cerca de 40 patentes todas ligadas à utilização de eletricidade, como é o caso da lâmpada fluorescente, do controlo remoto por rádio, a comunicação sem fios, o motor de indução (usado nos frigoríficos) ou o motor de arranque dos automóveis.

Teve vários problemas no desenvolvimento das suas experiencias. Para muitos era um louco, mas nos dias de hoje sem duvida que seria considerado um génio.

Chegou a criar uma máquina voadora pessoal que se deslocava a uma velocidade de 120 km hora.

Uma das suas ideias mais extraordinárias foi a de criar o automóvel elétrico que se movia sem necessidade de baterias. Segundo Tesla, eletrificando as ruas com cargas de baixa tensão os carros deslocar-se-iam sem precisarem de reabastecimento.

Tesla concebeu em 1917 uma estação emissora de ondas de energia que permitiria aos seus operadores a localização com elevada precisão de veículos inimigos distantes. O departamento de guerra dos EUA rejeitou o "raio explorador". Cerca de 20 anos mais tarde esta mesma invenção, desenvolvida então pelos ingleses, ajudaria os aliados a vencerem a segunda guerra mundial. Viria a chamar-se: radar.

A mais estranha das suas invenções foi uma máquina de fazer terramotos. O seu plano era transmitir eletricidade de baixa tensão pela crosta terrestre de forma que em qualquer lugar do planeta se pudesse ligar uma lâmpada simplesmente enfiando-a na terra.

Durante essa experiência em Nova York, seu laboratório foi invadido pela policia. A ilha de Manhattan estava a vibrar a vários quilómetros de distância. Nikola não sabia na altura que as ondas magnéticas se tornavam mais fortes com a distancia. Estava criada a "Máquina de Terremotos de Tesla".

Acabou por falir quando um fogo destruiu a sua oficina elétrica e teve que pagar elevadas indeminizações aos seus vizinhos.


Thomas Edison tudo fez para desacreditar Tesla e conseguiu. JP Morgan e Westinghouse também ajudaram. Todos moveram influências para darem uma imagem tresloucada do seu génio.

Chegou a ser indicado ao Prémio Nobel da Física, juntamente com Edison, mas  recusou-se a recebê-lo.

Nikola Tesla morreu na pobreza em Nova York em 1943.
Enviar um comentário